Publicado por: peregrino | 19 de Fevereiro de 2012

O Farol da razão

Há muito que SAR D. Duarte, Duque de Bragança vem alertando para o facto de Portugal estar a seguir um modelo errado de desenvolvimento.

Não se ficando por avisos de coisas banais ou óbvias (tão característicos desta República), mais uma vez D. Duarte soube ser verdadeiro homem de visão, característica fundamental para o exercício da Chefia de Estado. Usando uma analogia tantas vezes usada pelos monárquicos, D. Duarte soube ser verdadeiro Farol. Quando todos ignoravam (?) o perigo, já o Duque de Bragança o avistava ao longe e lançava alertas.

Portugal não soube perceber os sinais de alerta e as consequências estão à vista.

O alerta que o Duque de Bragança lançou continua a fazer sentido e, por isso, ainda continua a ser feito por D. Duarte. Portugal, por seu lado, continua a ignorar os avisos, tal como tem feito até aqui. Será assim tão difícil reconhecer a voz da razão? Será assim tão difícil reconhecer em D. Duarte de Bragança um homem de elevadíssimo patriotismo e enorme visão de futuro? Quanto mais tempo irá Portugal perder desnecessariamente? Até quando se irá ignorar SAR D. Duarte de Bragança, verdadeiro Farol da razão?

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: