Publicado por: vmantas | 8 de Janeiro de 2011

Internet, arma mas no futuro


Um dos problemas de alguns movimentos políticos, incluindo aqueles incluem o grupo dos que legitimamente se questionam como chegámos a este estado de coisas e procuram uma alternativa que proteja os cidadãos de um Estado que não respeita os nossos valores, está no uso excessivo da internet.

Aqui, a partir de casa, os nossos activistas conservadores, procuram mudar o país com a ‘força’ de um teclado. Talvez se inspirem naquela máxima de que a caneta é uma arma mais poderosa do que a espada.

Pois eu não poderia estar mais em desacordo. Acredito que a internet seja uma ferramenta interessante para conseguir reunir apoiantes de uma causa, talvez até conseguir convencer mais alguns, mas não a vejo como plataforma principal da acção política.

Está na altura de deixar o sofá e começarmos, no terreno, a construir a alternativa. O terreno não é necessariamente a rua das arruadas folclóricas, mas sim a sala do vizinho que decide organizar uma reunião de amigos, o café onde se reuna um grupo, o alão da associação ou da paróquia. A partir daí a internet servirá para articular estratégias e encontrar mais simpatizantes. Se o rumo continuar a ser o da internet e dos videos do youtube, bem… nada feito.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: