Publicado por: vmantas | 16 de Dezembro de 2010

Cinto de segurança. Viva o nosso governo protector!


Nesta época natalícia devíamos ainda agradecer a preocupação que o governo manifesta sobre o bem-estar da população nacional (para além de muitas outras coisas é claro…).

Não acreditam? Então vejamos. Todos somos obrigados a utilizar o cinto de segurança. Se não o fizermos, mesmo dentro do veículo que é nossa propriedade e não colocando ninguém em risco senão nós mesmos, o nosso Estado protector pune, mesmo o cidadão mais exemplar, com pesadas coimas. Não é o nosso corpo? Não era isso que defendiam à esquerda para justificar o aborto. ‘É o corpo da mulher, só a mulher pode decidir’.

Pois neste caso é o corpo da mulher e também do homem. Como justificar esta e (muitas) outras contradições? Por um lado o governo pode determinar o que está certo para salvaguardar o nosso corpo, mas por outro já cabe a cada um tomar a decisão, mesmo estando em jogo vidas que não a sua? O errado não é usar cinto, o errado está na utilização de ‘dois pesos e duas medidas’ pelo governo. Algo não bate certo quanto mim.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: